[GSK] Metabolismo e relaxamento

Aula ministrada por Gurusangat Kaur Khalsa no dia 17 de novembro de 2017.


[GSK abre a aula]


Hoje eu tinha três aulas em mente e todas ela para finalidades distintas, mas queria esperar para observar vocês e ver o que a gente iria trabalhar. Então vamos fazer o Kriya para Metabolismo e Relaxamento. A razão por trás dessa aula é que ela vem apoiar o que a gente tem feito. Comentei no início do semestre que a gente ia fazer um trabalho para o cérebro e a gente vem trabalhando com o Kundalini Yoga – o que é maravilhoso, porque ele vai inserindo várias vias para chegar aonde queremos, porque ele é um sistema de rede. E uma das coisas mais importantes para o nosso cérebro é a qualidade do nosso metabolismo e do nosso relaxamento.


Nós não sabemos relaxar de forma reflexa. O ser humano ainda não aprendeu a fazer isso. Pode ser que ele venha a descobrir, mas se ele não descobrir, ele vai sucumbir. Mas a gente é muito jovem na escala evolutiva. Do ponto de vista da evolução, a gente é assim um minuto e meio de tempo em relação a outras espécies. Então precisamos aprender a relaxar de modo reflexo. Nós não sabemos fazer isso. Não sabemos ter uma disputa, uma luta, uma batalha, uma preocupação ou qualquer outra coisa e logo sair daquilo e dormir e relaxar, igual aos animais fazem. Quando a gente entra com o mesmo estilo de metabolismo depois que a luta passou, e ele continua operando porque a gente não sabe relaxar nem nos conduzimos a um estado de relaxamento, nosso metabolismo fica catabólico. Ele era anabólico, ou seja, ele pegava tudo o que precisa para dar para nós. Quando você entra na outra fase, ele começa a comer a nós mesmos. E uma das comidas preferidas é a gordura. No nosso corpo tem um lugar que é 98% gordura: o cérebro. Por isso, um dos perfis marcadores de quem tem Alzheimer é que elas começam a emagrecer demais sem nenhuma razão, há uma perda de peso sem ter uma causa, sem ter uma doença. E aí o cérebro está indo embora, ele está perdendo gordura e ganhando proteína.


Eu já contei isto para vocês, mas às vezes quando eu tinha uma rotina muito estressante na UFMG como professora e ainda com os compromissos do Kundalini Yoga, eu parava o carro onde dava e eu dormia. Ou eu ia para a minha mesa e dormia. Eu ficava parecendo um corpo para ser dissecado na Faculdade de Medicina, em cima da mesa, e as pessoas trabalhando. Eu era uma figura muito estranha mesmo. Mas pra mim relaxar era muito importante.


Essa aula ajusta o nosso metabolismo para a gente entrar num estado de relaxamento hoje e ser capaz de reverter os danos. Então vocês entenderam que relaxar para o cérebro é muitíssimo importante. Outra saída seria alterar o metabolismo, mas para alterar o metabolismo seria preciso uma educação muito grande em termos de alimentação e de exercício físico. Agora vem o outro lado do metabolismo, pois o do relaxamento está claro, não é? É uma conquista, não é algo dado. Se você tem o metabolismo lento e tem uma tendência a ganhar peso, você precisa reverter isso antes dos seus 40 anos. Você precisa reverter. O metabolismo lento pode proteger você de uma doença degenerativa cerebral, provavelmente você não vai ter essa. Mas as que você corre muito risco de ter são as metabólicas, que são, por exemplo, as hormonais, como diabetes e suas consequências, que são degenerativas também. Por outro lado, por mais que seja difícil uma pessoa engordar, é muito importante que os muito magros adquiram algum peso, porque o cérebro é gordura. E por mais que seja difícil para os gordinhos emagrecerem, é uma coisa que vocês precisam fazer. Porque nós queremos morrer só de saco cheio! Estou de saco cheio dessa vida, e não porque estou sendo levado, arrastado pelo dreno de uma doença. Os magrinhos demais têm que comer e relaxar. E os gordinhos têm que não comer e exercitar.


Kriya para o metabolismo e relaxamento, do livro Kriya.


O Yogi Bhajan dizia que todas as vezes que a agente estivesse num prenúncio de tempos difíceis, a gente deveria fazer esta meditação, e eu acho essa meditação muito apropriada para o final de ano porque ela convoca uma rede de guardiões do espaço sagrado. A transição desse ano é complexa para nós, muitas revelações vão acontecer e nós ainda vamos ser muito mexidos e tocado em lugares que a gente imaginava estarem garantidos. Vou dar um exemplo, vocês viram ontem. Um lugar que nós, mineiros, sempre falávamos que era nossa representação no mundo, o Inhotim, e o Bernardo Paz foi preso. Por anos e anos, quando se ouvia falar dele, eu mesma tinha uma posição assim: gente, nós não sabemos, nós não temos certeza, vamos deixar as coisas se revelarem. Eu torcia para que aquilo tudo não fosse verdade, mas era verdade, está aí. E parece que não foi suficiente o que já roubaram, e estão roubando agora a arte. É um lugar de perda muito dura. Então nós precisamos dessa meditação.


Meditação para o equilíbrio das células brancas e vermelhas e para abrir o quarto, quinto e sexto chakras. Do livro Kriya.


May the long time sun shine...


[Transcrição Sada Ram Kaur]


Encerramento

Categorias
Posts Recentes
Arquivo
Tags  
SOBRE NÓS

A Associação Brasileira dos Amigos de Kundalini Yoga, filiada à Fundação 3HO, tem por propósito divulgar a tecnologia e os ensinamentos do Kundalini Yoga e do Shabad Guru no Brasil, servindo a todos na busca da excelência e da manifestação de seu ser original, criativo, livre e digno.

LOCALIZAÇÃO

Rua Yvon Magalhães Pinto, 511

São Bento .  Belo Horizonte

MG . 30350-560 . Brasil

Telefone: (31) 3090-5508 

secretaria@abaky.org.br 

CONECTE-SE

© 2018 por Abaky.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • SoundCloud - White Circle