[GSK] Equilibrando os hemisférios cerebrais

Aula ministrada por Gurusangat Kaur Khalsa em 04 de setembro de 2015


[GSK abre a aula.]


Hoje nós vamos direto para o kriya, que é um trabalho para ajustar três aspectos do cérebro. O aspecto da circulação; ao ajustar a circulação, você ajusta automaticamente as frequências daqui e dali, então as ondas cerebrais estão diretamente relacionadas à circulação, ou à quantidade de atividade circulatória em determinada região do cérebro – e a gente não quer um cérebro com a configuração de um lado alfa, o outro é beta, o outro é gama; a gente quer um cérebro com cada parte na sua frequência. O ideal do cérebro humano é que ele esteja inteiro na mesma frequência, e não importa qual das frequências. Quando ele está na mesma frequência, é capaz de criar um campo único para processar a informação, encontrar resposta e ter uma memorização impecável dos eventos. Então essa é a chave. E outra coisa importante que esse kriya faz é ajustar o hemisfério direito com o esquerdo. Esse ajuste equivale a abrir uma comunicação entre esses dois hemisférios.


Vocês querem saber o que acontece quando esses dois hemisférios não dialogam? A primeira coisa é: vocês escutam aí no Fantástico que o lado direito do cérebro é relacionado a quê? Intuição, criatividade... Na neurologia é tudo isso também, mas isso é feito numa base que não é a realidade. Ouviram isso? Não é a realidade, é a fantasia, a imaginação. Então desculpa dizer assim, mas é uma mentira. Na neurologia a gente diz que é o lado do cérebro que mente, porque ele interpreta e tira conclusões baseado numa suposição, numa imaginação.


ALUNA: É a mulher.


GSK: É a mulher. Exatamente. Esse é o lado feminino, a mulher está muito mais aí. Mas se você for homem, e em determinado momento da sua vida você estiver envolvido demais com um projeto, qualquer que seja, você tende a querer proteger tanto aquele projeto, tende a querer tanto dar vida àquele projeto, tem que dar vida a quê? À mulher. E aí você tende a descolar da realidade completamente. E fantasiar, e julgar, e tirar uma série de conclusões acerca de um evento, de um problema, que dramatizam aquilo a tal ponto para você ficar inflamado na defesa do projeto. Isso é quem? A mulher.


Vocês conhecem isso quando estão envolvidos num projeto? Isso é um infinitésimo da experiência de ser mulher. Então o lado direito, quando fica mais ativo e na defesa de uma ideia ou de um projeto, ele fica absolutamente deslocado da realidade, fora da realidade, e fantasiando.


O lado esquerdo é o quê? A lógica, a razão e tal. O lado esquerdo então é isso. [Dito de maneira irônica. A turma ri.] E ponto. Não tem grandes problemas, é a lógica, a razão. Absolutamente inserido num contexto e desinserido das outras coisas, mas absolutamente lógico e racional. Então o que a gente quer é misturar esses dois componentes, porque é uma coisa terrível você ter só um hemisfério funcionando, porque ou você vai ficar frio, descomprometido, numa lógica e numa racionalidade impossível de ser rompida, porque está absolutamente inserida na realidade – e vocês, mulheres, sabem do que estou falando quando têm que lidar com o homem. Embora vocês saibam que tem alguma coisa errada, não tem argumento, porque ele é absolutamente lógico e ligado na realidade. Está faltando um elemento de transposição daquilo tudo. Mas o outro lado também é terrível, porque você está só na mentira, só na fantasia.


Então essa aula faz com que esses dois mundos se juntem para você colocar lógica na fantasia, e colocar fantasia e criatividade na sua racionalidade. Aí você vira um ser humano completo, feminino e masculino trabalhando juntos.


Isso tudo é só para fazê-los entender que vocês são professores de Kundalini Yoga. Ontem eu estava fazendo uma consulta e a pessoa repetia para mim: “Eu não estou aguentando mais o meu marido”. Eu disse: “Então coloque em prática tudo que você aprendeu”, ela não estava colocando em prática o que aprendeu. Quantas mulheres aguentam o marido? E quantos maridos aguentam as mulheres? O casamento é o kriya mais difícil, mas existem aqueles que aplicam esses ensinamentos na relação e dissolve a tensão que existe de modo apenas a valorizar a relação.


Não adianta nada vocês fazerem isso tudo, saírem daqui e voltarem para seus hemisférios corriqueiros e continuarem vendo o mundo da mesma maneira. Vocês precisam aplicar, saber que precisam diversificar. Então vamos lá.


Kriya: Série de exercícios para equilibrar o cérebro. Manual Kundalini Yoga para Juventude, p. 42.

Meditação: Parte do kriya


É importante levar a experiência dessa aula logo para a hora seguinte, quando a gente tiver que lidar com o mundo como ele é; você lembrar que é preciso ter os dois hemisférios do cérebro atuantes.


Lembrem-se sempre de que, como professores de Kundalini Yoga, vocês só vão ter um sistema nervoso que consegue operacionalizar a vida de vocês no tempo atual se tiverem campo radiante, e esse campo radiante se faz no Kundalini Yoga com os braços. Onde nós temos o maior acúmulo do sistema nervoso? No cérebro. O sistema nervoso é igual uma mulher nervosa, muito sensível; ela precisa fazer muita coisa, mas é muito sensível e irritadiça, e logo pega fogo. Para que uma mulher faça tudo que precisa fazer, ela tem de estar protegida, ela precisa se sentir protegida e amparada, e com o nosso cérebro acontece a mesma coisa. Então se você tem um grande campo magnético, um corpo radiante forte, o sistema nervoso não fica nervoso, ele apenas se sente protegido e faz o que tem de ser feito, igual a mulher. Yogi Bhajan dizia que o nosso cérebro é igual uma mulher, precisa estar muito amparado pelo campo eletromagnético para que possa executar suas funções sem dar tilt. São os braços que dão essa qualidade de proteção.


Muita gente entende mal no Kundalini Yoga que os braços são o cérebro. Não, na verdade, o cérebro é o intestino. Literalmente é o intestino, é o mesmo tecido nervoso. A pele. Mas os braços dão proteção para o sistema nervoso, porque aumentam o campo eletromagnético em torno da cabeça, aumentam o corpo radiante. Mas o cérebro é a pele. E onde a gente tem essa pele extremamente relacionada com a cabeça e com o cérebro, é o intestino. Por isso se diz na medicina ayurvédica que se o intestino não funciona, a cabeça não funciona.


Vamos então fechar nossa aula?


May the long time sun...


[Transcrição: Sat Bhagat Singh Khalsa]

Categorias
Posts Recentes
Arquivo
Tags  
SOBRE NÓS

A Associação Brasileira dos Amigos de Kundalini Yoga, filiada à Fundação 3HO, tem por propósito divulgar a tecnologia e os ensinamentos do Kundalini Yoga e do Shabad Guru no Brasil, servindo a todos na busca da excelência e da manifestação de seu ser original, criativo, livre e digno.

LOCALIZAÇÃO

Rua Yvon Magalhães Pinto, 511

São Bento .  Belo Horizonte

MG . 30350-560 . Brasil

Telefone: (31) 3090-5508 

secretaria@abaky.org.br 

CONECTE-SE

© 2018 por Abaky.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • SoundCloud - White Circle