[GSK] Limpeza da Mente

Aula ministrada por Gurusangat em 27 de março de 2020


[GSK abre a aula]


Dando sequência ao tema da aula passada, a qual tem duas partes, faremos hoje a limpeza desses espaços de memória dentro da mente. O yoga sempre trabalhou com a compreensão de que a mente é um campo projetivo. Ela é o campo com o qual projetamos a maneira que processamos o mundo. No yoga, esse entendimento é bastante complexo. Não se vê a mente como se fosse um campo único, mas cheia de subcampos. Campos dentro de campos. Estruturas dentro de estruturas, que nos textos sagrados do yoga eram chamadas de câmaras/salas.


Existe um meio que sustenta tudo, que indica e nos dá todas as possibilidades. Quando, por exemplo, ancoramos o nosso processamento emocional, os eventos que estão fora, na mente neutra, o que estamos fazendo é limpando todos esses subcampos e fluindo em uma estrutura muito ampla, sem nenhum tipo de limite. Essa estrutura ampla e sem limite é a natureza essencial da mente e é onde deveríamos sempre navegar. Mas isso não acontece, porque estamos muito avolumados com esses subcampos dentro da nossa estrutura mental.


Essas duas aulas fazem uma limpeza dentro desses subcampos – que não correspondem ao subconsciente. Eles são estruturas em que temos, especialmente, memórias muito arraigadas a algo do nosso passado, de eventos que nos confrontam ou mesmo que nos estimulam positivamente. Em vez de fluirmos no campo ilimitado, tendemos a ficar emaranhados, presos nesses subcampos, que são maneiras de criar uma realidade fictícia para nós.


É muito curioso como a mente funciona na perspectiva do yoga. Não é só para coisas muito ruins. Às vezes, eventos muito estimulantes fazem com que logo peguemos um daqueles campos e os reinterpretemos como se fosse uma coisa perene. É a famosa mente positiva. A mente positiva, assim como a negativa, faz parte de um desses campos. Essa aula é para limparmos essas memórias, para que possamos fluir mais nesse espaço da mente que não tem limite.


Essa semana uma pessoa me mandou a seguinte mensagem: “Não posso admitir o isolamento horizontal porque, nele, como é que posso encontrar Deus?” Obviamente ela estava se referindo ao fato de não poder sair da sua casa e ir para o lugar onde ela encontra Deus, provavelmente um templo. Essa aula trata exatamente desse aspecto. Existe uma memória muito forte da ancestralidade humana, que nos convenceu de que a tal força que cria está do lado de fora e que temos que sair de casa para encontrar Deus no lugar que convencionamos como sendo onde Deus está – a igreja, o templo, a mesquita, o Gurdwara, onde for.


Esse é o conceito que o Yogi Bhajan trata nessa aula. Muitos desses agrupamentos, dessas memórias, fazem com que acreditemos que não temos nenhuma força e que a força que, porventura, poderia ser uma alavanca para transmutar tudo e fazer com que limpemos esse espaço ilimitado da mente, esteja fora. Assim, teríamos que nos sacrificar de alguma maneira para poder estar nessa força. É fenomenal entender como essas memórias criam cristalizações nas nossas mentes e nos convencem de muitas coisas. Uma dessas coisas é que Deus está fora.


A aula de hoje é espetacular. Tem um determinado momento em que ela faz tudo desconectar e nos leva para um espaço amplo. Na última aula o espaço sagrado era tão palpável como se eu pudesse tocá-lo. Estamos criando em rede, nesse espaço virtual, um espaço sagrado que, na minha opinião, é mais forte e especial até do que o que criamos em sala de aula. Talvez porque já estejamos com um pezinho em Treta Yuga.


Kriya: Cleaning of the mind, do manual Rebirthing


Faremos uma meditação com o chamado “mantra magnífico” do Kundalini Yoga. Ela foi dada pelo Yogi Bhajan justamente num momento de calamidades. É uma meditação para que possamos ganhar forças e atravessar momentos semelhantes ao que estamos vivendo. Vivemos um momento de uma conjuntura mundial idêntica à local. Não apenas nós, mas o mundo todo. Sabemos que o melhor a fazer para conter as consequências terríveis da contaminação pelo coronavírus acarreta uma dor na estrutura econômica de países que já vinham mal. Isso é um tipo de situação em que precisamos fortalecer as nossas fibras emocionais. Não temos muito o que fazer a não ser observar como as estruturas social, política e econômica e as psiques individuais vão se organizar diante desse novo cenário. É para isso que nos serve essa meditação.


Meditação com o mantra Har Har Har Har Gobinde


May the long time sun shine upon you....


[Transcrição: Karamjeet Kaur]

[Edição: Nav Amrita Kaur]

Categorias
Posts Recentes
Arquivo
Tags  
SOBRE NÓS

A Associação Brasileira dos Amigos de Kundalini Yoga, filiada à Fundação 3HO, tem por propósito divulgar a tecnologia e os ensinamentos do Kundalini Yoga e do Shabad Guru no Brasil, servindo a todos na busca da excelência e da manifestação de seu ser original, criativo, livre e digno.

LOCALIZAÇÃO

Rua Yvon Magalhães Pinto, 511

São Bento .  Belo Horizonte

MG . 30350-560 . Brasil

Telefone: (31) 3090-5508 

secretaria@abaky.org.br 

CONECTE-SE

© 2018 por Abaky.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • SoundCloud - White Circle