[GSK] Absorver um mundo adverso sem adoecimento

Aula ministrada por Gurusangat Kaur Khalsa em 4 de agosto de 2017.


[GSK abre a aula]


Retomando as nossas aulas, eu gostaria de dedicar esse semestre ao trabalho da nossa saúde mental. Nós vamos trabalhar muito o sistema nervoso, mas vocês sabem que no Kundalini Yoga a gente não foca em um lugar em particular, porque o nosso sistema é em rede. Quero trazer o foco do sistema nervoso porque existem circunstâncias que estão massivamente oprimindo as pessoas e imagino que a quantidade de alunos de vocês em sofrimento mental é muito grande. E muitas vezes os alunos de vocês não falam sobre isso, porque o sofrimento mental tem uma conotação. No início, como se a pessoa se sentisse desencaixado em algum lugar. Ela não se sente exatamente deprimida, ela não daria esse nome ao que ela sente. Ela não se sente adoecida, mas ela sente um profundo desajuste entre ela e ela. E esse é o primeiro sinal de que está começando a haver uma distância muito perigosa entre o funcionamento do sistema nervoso, que, quando está processando, emite um campo eletromagnético. Então nosso eixo psíquico está começando a se desalinhar do eixo psíquico do universo. Esse desprendimento, quando acontece, é muito sutil. Começa com um ângulo próximo de zero e vai aumentando gradualmente até distanciar demais. Passado pouco tempo desse primeiro momento, logo após essa melancolia, ou às vezes uma tristeza, essa sensação se transforma numa depressão. Ainda assim, pelo tipo de cultura que temos de muita mobilização com remédios, álcool, cigarro e frenesi social, muito riso... Essa nossa cultura é boa por um lado, porque não deixa as pessoas se deprimirem facilmente, mas, por outro lado, camufla muito, e as pessoas ficam incapazes de fazerem um registro de que elas estão deprimindo. E a próxima etapa já é uma etapa em que o processo fica reversível apenas com remédio.


Kundalini Yoga faz um alinhamento da nossa psique com a psique do universo, por mais que aquilo que esteja fora de nós pareça se distanciar dos nossos valores. Quando a gente vê o mundo aí fora e acha que aquilo não é a gente ou não é o que a gente pensa, acha que aquilo não sou eu e sente indignação pelas coisas estarem chegando num determinado ponto; quando a gente sente o distanciamento entre mim e o todo, o processo começou. Esse movimento é bastante delicado e perigoso. Entretanto, nós, professores de Kundalini Yoga, temos um mecanismo muito bom de sempre resgatar essa unidade com nosso campo projetivo. Nós, professores de Kundalini Yoga, servimos, e servimos no mundo. E isso faz com que a gente seja capaz de dizer que o mundo está um horror, que isso não sou eu, não são meus valores, e mesmo assim a gente não distancia nossa psique da psique do universo. Se nós servíssemos só aos nossos filhos, às nossas mães, aos pais, à nossa família, nós estaríamos isolando completamente a nossa psique da psique do mundo, do universo. E aí ficaríamos cada vez mais à parte, cada vez mais susceptíveis a uma crise depressiva. A gente precisa melhorar nosso arsenal de trabalho para o sistema nervoso. E é isso que nós vamos fazer hoje. A primeira causa de adoecimento no mundo, e em especial nas Américas, é o estresse. E, dentro dele, a primeira consequência é o adoecimento mental. E hoje as psiques das pessoas estão divergindo tanto da psique do universo que, especialmente numa população jovem, o recurso é a droga e também o suicídio. Nós somos professores e vamos lidar com isso o tempo todo, nós precisamos fazer alguma coisa.


Nós vamos fazer uma aula para o sistema nervoso muito simples que vocês podem usar se forem falar para a associação de não sei o quê, não sei quando... Todo mundo pode fazer essa aula, assentado, sem nenhum problema. Essa é uma aula para iniciantes. Mas hoje vocês vão fazer essa aula de um lugar em que vocês e o mundo são um só. Então, antes de começar, vocês vão fechar os olhos, colocar as mãos no colo, como vocês quiserem, e simplesmente silenciar tudo, não coloque nenhuma intenção. A gente não alinha as psiques colocando intenção, a gente só permite. Fica parado numa pose yóguica e permita. Cada ruído, cada tonalidade, uma suave e distante brisa vão se misturando a você. E você com seu peso e presença vai se misturando a tudo. Incorpora cada nova sensação e deixe que ela se dissolva numa piscina que também faz parte de você. Inspire e expire.


Kriya para renovação do sistema nervoso, do manual Programa para Aluno Iniciante


Não existe uma dissociação entre os sistemas nervoso e o glandular. O primeiro é como nós colocamos o mundo para dentro. O sistema glandular é como nós expressamos o nosso interno para fora. Normalmente quando nós colocamos o mundo para dentro, nós temos uma resposta automática e interna do mundo. Então, de acordo com o que colocamos para dentro, a gente responde para o mundo, a resposta para o mundo é o sistema glandular. O que um yogui quer fazer, e que no Kundalini Yoga a gente quer demais, é que colocar o mundo para dentro sem acionar necessariamente uma resposta imediata. A gente quer ter o mínimo de controle nesse processamento. Porque se a gente colocar para dentro um mundo que é ruim, adverso, a nossa resposta natural vai ser reagir na defesa.


O nosso sistema glandular produz para que a gente se defenda fugindo ou atacando. Quando o mundo está maravilhoso, a nossa resposta imediata é a gente ficar bem, isso é um ser humano comum. A nossa história de yogui é como nós vamos fazer isso diferente, como nós vamos absorver um mundo adverso e não responder de forma adversa. Essa é a nossa meditação de hoje. Ela é muito simples. Se você não tiver nada para fazer, faça essa meditação por nove minutos. Ela faz um ajuste de toda essa terminação nervosa, onde, na região do cérebro, toda a informação neurológica é transformada em hormônio. Ela dá um tempo para a gente não reagir, os famosos nove segundos que o Yogi Bhajan tanto fala.


Meditação: Give Yourself New Life, do manual Self-Knowledge


Se vocês acharam muito difícil manter essa pose, especialmente manter o braço alinhado atrás por nove minutos, sugiro que vocês façam essa meditação diariamente por quarenta dias. Esse kriya é muito tradicional no Kundalini Yoga e é chamado de Kriya da Longevidade. Ninguém nunca explicou porque ele tem esse nome, não que ele deixe a gente mais novo. Mas ele faz com que a gente não desgaste o nosso DEA. Esse DEA é um hormônio e ele é mais ou menos como o prana, a gente nasce com uma taxa determinada de DEA. Essa taxa é estabelecida logo depois da adolescência e é uma reserva que a gente tem. O cortisol é feito com DEA, e quando a gente estressa muito e produz muito cortisol, o nosso DEA vai embora e a sua diminuição causa uma redução do nosso cérebro. Não sei se vocês sabem, a nossa massa cerebral vai diminuindo de acordo com o nosso envelhecimento, faz parte de a gente partir, ir embora, mas essa redução da massa cerebral não é normal na velocidade em que ela está acontecendo com as pessoas. E isso quer dizer que nós estamos estressando demais e precisando produzir muito cortisol e muito do nosso DEA está sendo liberado para a produção de cortisol. A gente está envelhecendo no cérebro muito mais rápido do que a gente deveria envelhecer. Esse Kriya faz com que por nove minutos a gente pare de produzir cortisol, e tenha a possibilidade de regular as nossas reservas de DEA.


Eu fiz essa prática quando eu estava escrevendo a minha tese em alemão, fazendo meu curso de formação lá em Berlim e despirocando com uma série de outras coisas, essa Sadhana me segurou e foi muito importante para eu me manter. Mas se você não está assim nesse desespero, você pode introduzi-la uma vez por semana. E olhar para a ponta do queixo faz toda a diferença porque é o ponto de controle das emoções. O kriya é espetacular para regular o sistema hormonal com base no sistema nervoso. Isso me faz pensar, por exemplo, quando você tem a sensação de que está sendo puxado no seu limite, isso é a combinação total do sistema nervoso, que não está dando conta do processamento, e de uma reserva interna inadequada para encarar uma demanda externa. Esse é o momento em que você pode se beneficiar demais de uma prática como essa. Eu me lembro que, em dezembro, no nosso Akhand Paath, eu falei sobre a numerologia tântrica de 2017. Eu falei para vocês não se animarem muito com 2017, que seria um ano de tudo ou nada, e teria uma grande chance de ser o nada. Mas mesmo esse nada, como diria Guru Nanak, tem uma lição, tem um ensinamento. Este é um ano-teste e nós não podemos sucumbir. Vocês já fazem uma boa manutenção com uma aula de kundalini yoga por semana, mas o cérebro de vocês aprecia gordura de boa qualidade, de abacate, de coco, e evitem as gorduras que provoquem no seu cérebro acidez. A gente só sabe que a gente está fazendo sentido com o corpo da gente com o Kundalini Yoga quando você precisa. Eu passei por uma cirurgia violenta e ao fazer meu risco cirúrgico a cardiologista viu meus exames de sangue e reparou na taxa de ph. Ela achou que estava errado: 7.5; os médicos consideram ideal, mas que nenhum ser humano chegue nem a 5. Eles acham que a alcalinização ideal é perto de 5. Isso é a riqueza do Kundalini Yoga, da respiração do fogo, desse estilo de vida. E a gente mantendo um ph básico assim, temos a possibilidade de manter a saúde de forma diferenciada. Lembre-se de que a gordura de boa qualidade é fundamental, mas não pode ser gordura hidrogenada. Essa semana eu fiquei muito feliz porque alguém me levou a propaganda de um sorvete artesanal e tinha sorvete de Sat Chai.


May the long time sun shine



Categorias
Posts Recentes
Arquivo
Tags  
SOBRE NÓS

A Associação Brasileira dos Amigos de Kundalini Yoga, filiada à Fundação 3HO, tem por propósito divulgar a tecnologia e os ensinamentos do Kundalini Yoga e do Shabad Guru no Brasil, servindo a todos na busca da excelência e da manifestação de seu ser original, criativo, livre e digno.

LOCALIZAÇÃO

Rua Yvon Magalhães Pinto, 511

São Bento .  Belo Horizonte

MG . 30350-560 . Brasil

Telefone: (31) 3090-5508 

secretaria@abaky.org.br 

CONECTE-SE

© 2018 por Abaky.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • SoundCloud - White Circle