Numerologia Tântrica para Fevereiro

29 Jan 2018

Estabelecendo limites nas relações

 

por Nam Hari Kaur, da 3HO

 

O mês de fevereiro de 2018 nos traz nosso primeiro teste emocional concreto do ano. O número 2 representa limites, relações e a habilidade de reconhecer um perigo potencial escondido. Sem querer soar muito dramática, sim, há um perigo de você entender erroneamente uma situação e se pegar pensando: "Como é possível que eu deixei isso acontecer comigo de novo?"

 

A boa notícia é que você não precisa se permitir cair nos mesmos erros; você pode se antecipar a eles. O primeiro passo para reconhecer o padrão de autoboicote é se fazer a seguinte pergunta: "Onde estou esperando ou ansiando que alguém cubra a minha incapacidade de me sustentar e atravessar as adversidades?"

 

Exatamente aí está seu ponto de vulnerabilidade. E quando alguém usa garras para nos controlar e nos influenciar emocionalmente, a situação se desdobra num "lento inferno" ao longo do tempo e do espaço. 

 

Uma coisa que já ouvi as pessoas falarem sobre mim é: "ela não adoça nada". É isso mesmo, crianças, as pílulas de realidade não são nada doces. É uma mistura viva de pimenta caiena crocante acompanhadas de um toque de cúrcuma tostada – tudo para a sua saúde e bem-estar.

 

O número 2 de fevereiro nos exige ficarmos espertos com relação aos nossos compromissos e limites para esse ano. Nesse momento, não se prenda a nada que você não esteja 100% certo de que pode levar adiante ao longo do ano. Devido à intensidade emocional de 2018, muitas pessoas sentirão a necessidade de aliviar o peso de seus fardos e obrigações, procurando alguém que os carregue para elas. Não seja vítima da I.D. de outra pessoa, ou o que eu chamo "Inadequado Descarrego". 

 

Para a referência musical deste mês serei "old school". Há uma música brilhante da The Band que se chama "O peso". Na canção, Levon Helm canta "Tire um peso, Fanny. Tire o pessoa de graça. Tire um peso Fanny, e coloque o peso em cima de mim". É fascinante, toda a música é sobre relacionamentos e estabelecimento de limites. Se você quiser conferir a letra, o link está aqui. Você pode também escutar a música. 

 

O número 2 tem uma qualidade protetora em si, e é necessário haver um dialeto especificamente protetor em nossas conversas neste mês. Não hesite em falar com fraqueza e dizer: "Eu preciso de um tempinho para pensar no que você disse. Semana que vem eu te dou um retorno". Dê a você tempo e espaço porque a ansiedade ou a insistência de outra pessoa pode te sufocar. 

 

Essa é a polaridade negativa do número 2, que é: carente, insistente e quase infantil no sentido de autoimportância. Já escutou aquela expressão a respeito do desenvolvimento infantil: "os terríveis 2 anos"? Sim, isso pode se tornar terrível para adultos também. 

 

Olhando para a Terra do Drama em fevereiro, saiba que algumas pessoas odeiam tanto serem deixadas, e com tanta força, que irão a qualquer extremo para serem reconhecidas. Décadas atrás, eu trabalhava e vivia numa fazenda, numa cidadezinha no litoral de Maine. Um dia, num jantar, o dono da fazenda nos contou uma história sobre uma série de incêndios incomuns que vinham acontecendo ao longo do verão. O fogo sempre começava no celeiro e sempre num fim de semana. O detetive da cidade vizinha começou a investigar o caso e reconheceu um padrão, um rastro específico. 

 

Havia marcas de pneu próximas dos locais onde o fogo começava. Eles investigaram as marcas e chegaram ao caminhão de um rapaz que havia acabado de se mudar para a cidade, e estava sozinho e entediado. 

 

Nunca subestime o poder do desespero de uma pessoa quando ela é abandonada ou invisibilizada. Saiba que as pessoas deixam suas "marcas" energéticas de muitas formas. 

 

A questão dessa história é invocar uma consciência no seu sistema autossensorial, de forma que seu Corpo Sutil possa notar as marcas energéticas antes que o celeiro venha abaixo com o fogo. É provável que no seu mundo não seja o celeiro que virá abaixo, mas sua reputação, seu auto-respeito, amor próprio e o bem-estar de uma pessoa de quem você gosta. 

 

O número de presente para 2018 é o 9, e o número 9 é a dimensão do sutil e da sensibilidade, na percepção de nós mesmos e do ambiente. Conscientemente adentre nessa energia. Ela está disponível para te ajudar e para te guiar através do ano. Você não precisa ser a vítima de ninguém, e sua apólice de seguro reside na sua consciência intuitiva. 

 

Agora é um bom momento, um excelente período, para estudar para seu doutorado espiritual. Sim, se alguém te perguntar o que você anda fazendo, apenas diga: "Estou estudando para meu doutorado espiritual. Reuni meus mantras, meus filmes, minhas músicas; sim, está indo bem"

 

Nove é o número da maestria, e a automaestria é o talento mais precioso que pode existir. Por que? Porque por meio da auto-maestria você encerra o ciclo de sofrimento e pode trazer luz para a vida de outra pessoa. Então, elas podem também se despertar. 

 

Nas palavras do Yogi Bhajan: "Uma vez que você se ajusta e se torna Eu, o puro Eu, tudo vem até você. É aquela psique eletromagnética hipnótica que pode atrair tudo. Sua presença pode funcionar" (23/03/1990).

 

Texto originalmente publicado no site da 3HO

Tradução: HariShabad Kaur Khalsa

Revisão: Sat Bhagat Singh Khalsa

 

 

 

Please reload

Categorias
Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Tags