[GSK] Não me enterrem antes

1 Oct 2014

por Gurusangat Kaur Khalsa

 

Esta é a estação que toda a comunidade do Kundalini Yoga e do Sikh Dharma celebram a vida, a obra e o legado de Guru Ram Das Ji. Muito significativo para nós todos é que há 10 anos esta mesma época se tornou também aquela dedicada a celebrarmos a vida do nosso venerável Mestre e Chefe Espiritual, Siri Singh Sahib Yogi Bhajan.

 

Guru Ram Das era o Professor Espiritual do Yogi Bhajan. Eles tinham uma relação de profunda unidade, amor e respeito. Desde o primeiro desafio que Yogi Bhajan foi submetido, ao trazer todos os Ensinamentos sagrados do Kundalini Yoga para o ocidente, foi no Guru Ram Das que ele buscou amparo e orientação. Em seus momentos de dúvida, era a ele que recorria, e lá estavasempre seu Professor em seu corpo sútil para guiar seu aluno.

 

Foi também com seu Professor que ele celebrava a vitória de seus alunos e da comunidade espiritual 3HO, que aos poucos crescia em várias frentes para carregar o legado desta tradição. Eu me lembro muito bem, o dia em que nós, em Berlim, recebemos a notícia dando conta de que Yogi Bhajan cancelara sua vinda para sua temporada de verão na Europa, porque havia adoecido gravemente e sua vida estava sob risco. Isto era o início dos anos 90, quando sua saúde deteriorou demais, em resposta à sua incansável dedicação a compartilhar os Ensinamentos do Kundalini Yoga e do Dharma com todos, e também sua dedicação total à criação de negócios aquarianos para que as gerações do futuro soubessem, sem dúvida alguma, que era possível e muito necessário a prosperidade alinhada com os valores mais nobres da vida humana e do planeta. Ele trabalhou sem parar sob a orientação de seu amado Professor, o Guru.

 

Nesta época ele nos advertiu seriamente: “quando eu morrer, nem pensem em me velar ou cremar antes de pelo menos três dias. Eu provavelmente voltarei!”. Isto aconteceu de fato três vezes. Tê-lo de volta a vida era sempre um susto, e uma felicidade sem palavras. Ele dizia que nesta aparente morte ele tinha a oportunidade de se instruir mais precisamente com seu Professor para que seu trabalho pudesse ser realizado de forma mais precisa, e com maior impacto. Ele realmente fez muito por todos e pelo Planeta.

 

Finalmente, quando sua saúde se abalou fortemente, ele nos avisou que o momento chegara. Ninguém queria acreditar, pois tantas outras vezes ele acabava retornando para nós. Mas, admitir que talvez naquelas últimas semanas de setembro de 2004, ele estivesse de fato partindo era necessário, pois muito precisava ser preparado para sua passagem.

 

Uma semana antes de morrer, ele ainda deu sua aula semanal de sua cama. Sua voz era trémula, mas sua consciência vibrante. Lentamente seu coração foi dando sinais de falência e ninguém estava certo da razão pela qual ele ainda permanecia em meio a todos, mesmo sob tanto sofrimento. No dia 6 de outubro, ao cair da tarde, ele finalmente descansou e partiu. Durante três dias, os últimos ritos em sua homenagem foram realizados, e no dia 9 de Outubro ele foi cremado. Naquele momento, todos compreenderam porque ele esperara tanto para partir. Ele queria ser cremado exatamente no dia em que Guru Ram Das havia nascido. Ele quis se dissolver nos braços daquele que nascera para guia-lo e guiar todos seus alunos no ocidente.

 

Após sua morte, Siri Singh Sahib Harbhajan Singh Khalsa Yogi Ji se juntou a poucos seletos, como Dr. Martin Luther King Jr., Madre Tereza, Papa João Paulo II, e foi homenageado pelo Congresso Americano, com honrarias estampadas numa resolução criada em homenagem a sua vida e trabalho.

 

Por isso, o mês de outubro se tornou duplamente importante para nós. Celebramos a vida do Guru e seu discípulo: o Guru e o Mestre.

 

Que todos possam ser abençoados pela consciência de ambos, que se mistura à nossa neste época de celebração para experimentarmos suas qualidades retratadas na inclusão, justiça, bondade, compaixão, entrega, excelência, e amor.

 

Wahe Guru, Sat Nam.

 

Belo Horizonte, 1 de Outubro de 2014.

Please reload

Categorias
Posts Recentes

July 29, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags