Hukam de abril de 2017

10 Apr 2017

"A força que cria é apenas uma e o nome que ela tem é a verdade.

 

Dela emana tudo e tudo que emana dela é a verdade. Ela é compreendida pela graça do verdadeiro professor. Quando nós encantamos a nossa mente com orgulho abre-se lugar para um espaço mental lunático e estranho. Quando, ao contrário, nos tornamos humildes e compassivos, o pó dos pés das pessoas, uma luz que não pertence a ninguém e pertence a tudo passa através de nossa mente.

 

O fruto da humildade é algo espontâneo e prazeroso. O que poderia ser espontâneo e prazeroso em nós? O simples existir. O presente da compreensão verdadeira que alguém que não posso nomear me ajuda a acessar. Medite nisso. Quando você pensa que o outro é muito mal, você vê em todos os acontecimentos da realidade um tipo de armadilha em que você está sempre caindo. Quando você para de pensar nesses termos, o meu e o seu cessam e nenhum pode dizer exatamente que possui um ao outro.

 

Nem em emoção, nem na luta em ter razão. Quando você se apega demais naquilo que você pensa ser seu, que são sua razão e seus sentimentos, fica muito difícil enfrentar o problema além de você. Todo problema além de você só poderá ser enfrentado quando você decidir penetrar dentro dele próprio, não como um estranho a ele, mas como parte dele.

 

A força que cria nós dá um presente para entrar na natureza do problema. Esse presente é que por mais que um problema seja fogo, jamais nos queimará. Quando você se emaranha no seu intelecto imaginando que você tem a razão e a solução, e que ela implica necessariamente no martírio do outro, o fogo da sua própria razão te consome.

 

Chegaram os tempos em que nós e os problemas precisamos ser um"

Please reload

Categorias
Posts Recentes

July 29, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags