[GSK] Desenvolvendo o equilíbrio da força de projeção

5 Aug 2020

Aula ministrada pela Gurusangat Kaur Khalsa em 10 de julho de 2020

 

[GSK abre a aula]

 

Hoje faremos uma aula muito básica. Creio que em todo sistema de yoga e de artes marciais há o pressuposto de que o corpo físico é apenas uma das instâncias da nossa identidade, e que nossa força e vigor não vêm dele propriamente, mas dos corpos invisíveis. Isso é algo muito importante de compreendermos.

 

Em todas essas tradições o ponto do umbigo é chave. Convocamos o ponto do umbigo, esse ponto que chamamos de Har. Ele é a conexão com a nossa identidade mais densa, tanto física quanto psíquica. Se o ponto do umbigo é fraco não temos força de projeção. Entretanto, se deparamos com essa força, nela sentimos conforto e uma certa preguiça de investir na subida para os nossos pontos de luz, que estão no triângulo superior, essa forte identidade e projeção se torna um ponto de agonia, porque nos falta adicionar três elementos importantes: o autocontrole, a entrega e o bom senso.

 

O umbigo não dá autocontrole, mas justamente o contrário. Ele dá força de penetração: a identidade que penetra. Tal força penetra com o subconsciente, com os jogos do ego. Por isso, quando trabalhamos a força do umbigo no Kundalini Yoga, o lugar pelo qual devemos começar o trabalho é o nosso triângulo superior. Primeiro, devemos permitir que o triângulo superior crie uma presença em nós. E ele não se manifestará presente em nós no ponto do umbigo. Ponto do umbigo é ponto do umbigo!

 

A aula de hoje é para o ponto do umbigo. E como disse é preciso, antes de tudo, ancorar o triângulo superior. Queremos ter a força da nossa consciência e a visão da nossa intuição – o sexto e o sétimo chakras – para trabalharmos com o poder do nosso ego. Sistema de alerta: quem não pratica Kundalini Yoga regularmente tem que respeitar o seu limite. Esse kriya é muito inocente, mas pode ser que amanhã andem com dificuldade. Ele trabalha demais a musculatura do abdômen.

 

Kriya: Nabi Kriya, do Manual O Professor Aquariano: Treinamento Internacional de Professores de Kundalini Yoga – Nível I

 

Meditação: Wahe Guru

 

A meditação de hoje unifica o triângulo superior com o triângulo inferior. Ela sela muito bem esse trabalho. É feita em easy pose ou lótus. As mãos em gyan mudra no colo. Movemos delicadamente o queixo em direção ao ombro esquerdo, entoando Wahe, então para o ombro direito, entoando Guru. O movimento é bem lento para permitir a produção de encefalina, substância que está na base do nosso crânio, que garante grande conforto e profundo estado de relaxamento. Os olhos ficam abertos olhando para a ponta do nariz. Faremos por 11 minutos. Vamos com calma, delicadeza e, especialmente, com reverência.

 

May the long time sun shine...

 

[Transcrição: Sada Ram Kaur]

[Edição: Nav Amrita]

 

 

 

 

 

Please reload

Categorias
Posts Recentes

July 29, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags