[GSK] Um camelo fez a diferença

24 Oct 2013

por Gurusangat Kaur Khalsa

 

Havia um pai que tinha 17 camelos para deixar de herança aos seus três filhos.

 

Quando ele faleceu, seus filhos abriram o testamento e viram que ele deixara para o filho mais velho a metade dos 17 camelos; já o filho do meio deveria receber um terço dos 17 camelos, e o filho mais novo receberia um nono dos 17 camelos. Como não era possível dividir 17 camelos pela metade, ou por três, ou muito menos por nove, os filhos começaram a brigar entre si, pois nem um cedia e juntos eles não viam solução para o problema.

 

Depois de muito briga, eles resolveram se aconselhar com um sábio da vila.

 

O sábio ouviu pacientemente à história dos jovens e pensou bem na situação. Após considerar toda a questão, ele decidiu pegar um de seus próprios camelos e adicionar aos 17 da herança do pai dos jovens. Com 18 camelos ele, então, recalculou. Segundo a vontade do pai dos jovens, a questão foi assim resolvida:

 

Metade de 18 camelos, ou seja 9, foi o que o filho mais velho ganhou.

Um terço dos 18 camelos, ou seja 6, foram dados ao filho do meio.

Um nono, ou seja 2, entregues ao filho mais novo.

Somando 9 com 6 e 2 encontramos o número 17, resultando na sobra de um camelo, que o sábio tomou de volta para si.

 

MORAL DA HISTÓRIA: a atitude de resolver o problema foi encontrada no décimo oitavo camelo, que, neste caso, era o plano de equilíbrio. Na medida em que a pessoa for capaz de encontrar este plano de equilíbrio em seus problemas, a questão estará sempre resolvida. Encontrar este ponto de equilíbrio é difícil muitas vezes. Entretanto, para se alcançar a solução, o primeiro passo é acreditar que ela existe e buscar um ponto de referência onde as oscilações se equilibram. Diante do tamanho do problema que às vezes nos aparece, se pensarmos que a solução não existe, nós jamais seremos capazes de encontrá-la de fato.

 

Wahe Guru, Sat Nam.

 

Dhan Dhan Guru Ram Das, jine sirié tiné savariá

Guru Ram Das abençoe a todos deste mundo com paz e segurança.

 

Belo Horizonte, 22 de outubro de 2013.

Please reload

Categorias
Please reload

Posts Recentes